quinta-feira, 15 de outubro de 2009

A INFLUÊNCIA DA GLOBALIZAÇÃO NO MERCADO DE TRABALHO

O mundo das organizações contempla cada vez mais as complexas transações globais, configurando um cenário de inovações e ajustes, cujas transformações afetam as organizações modernas, quer pelo avanço tecnológico ou pela implementação de estruturas mais flexíveis e enxutas. Os profissionais do futuro deverão ter em mente que a nova configuração do mundo do trabalho implica em um maior nível de qualificação, uma vez que, de fato, os empregos estão se apresentando sobre a forma de novas ocupações, assim como novas necessidades e exigências. Não está muito longe de nossa realidade o momento em que o trabalho deixará de ser realizado em um local fixo. As atividades em tempo parcial estão se multiplicando assim como os trabalhos caracterizados em forma de projetos. Para acompanhar esse processo e manter-se empregável no mercado palavras como flexibilidade, visão estratégica, motivação, adaptabilidade, versatilidade, ética, habilidade interpessoal e multifuncionalidade, passarão a compor o perfil ideal dos novos profissionais. Nesse novo cenário mundial, as organizações precisam de profissionais criativos e ousados capazes de inovar sempre, sabendo encarar os desafios e oportunidades. Com isso os profissionais precisam estar aptos e com diferenciais para atuar no ambiente de negócios. O profissional da administração assume um papel privilegiado no contexto das mudanças que estão configurando as novas organizações pela natureza da sua inserção no ambientes organizacionais buscando atender aos requisitos do mercado mundial. A crise financeira internacional modificou o comportamento de muitos profissionais levando-os a terem mais cautela aos que pretendiam trocar de emprego. Aspectos como tipo de negócio, estabilidade, histórico, credibilidade no mercado, porte, perspectivas e setor de atuação estão sendo bem avaliados pelos profissionais que ficaram com “medo” de correr riscos e conseqüentemente o desemprego.

2 comentários: